Translate

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Cartas Vivas

Um mundo em comunicação!
Nunca em tempo algum tivemos tantas oportunidades de nos comunicar como hoje em dia.
È a palavra escrita e falada de todas as formas
È o radio, televisão, cinema.São os jornais, revistas, livros.
A noticia sempre no momento em que está acontecendo, podendo ser vista por nossos olhos nas circunstancias em que se dão.
Originando possibilidades de escolhas pelo nosso pensamento, num final determinante para cada situação.Agimos e interagimos com as noticias.
È o fantástico mundo do celular e seus recursos multimídia. Smartfone ou iphone?
È o mundo maravilhoso da Internet que possibilita : - pesquisar,informar, comprar,pagar,vender namorar,conhecer coisas e pessoas.
São os tablets ( ipod ),tecnologia impecável e em breve ao alcance de todos.
È a superação das barreiras físicas entre o homem e a máquina.Havendo cada vez mais a interação do homem com a informação.
Somos esclarecidos, informados, mas também usados, e violentados sem defesa, podendo ser afetados pela comunicação de massa se não estivermos atentos.
Afinal a mídia faz parte de nossas vidas, não podemos mais viver sem ela.
Ao sair consultamos o tempo, o tráfego nas estradas, os aeroportos.
Se chegamos, indicamos ao GPS aonde queremos ir. Interfonamos a tudo e a todos para nos deslocarmos.
Câmeras de tv instaladas por todos os lados registram nossos movimentos.
Navegamos num “ infomar” ,como a musica de Gilberto Gil nos fala.
Mas o ser humano nunca esteve tão só !
Solitário prefere ficar na telinha do computador, a uma aproximação mais intima que o levaria a obrigatoriedade de uma convivência, ou de uma relação.
A pizza chega em casa o filme também, e eu fico em meu protegido oceano de paz. 
Essa é a geração "ciber" se formando.
Como estão difíceis as palavras na boca das pessoas.
Como o dialogar e o comunicar-se frente a frente, olho no olho estão longínquos. Conviver, entender a mim e ao outro está complicado. Falar de afeto e amor está distante. 
Às vezes percebo que as pessoas falam, brigam, só que não ouvem o que o outro está dizendo,senão perceberiam que estão falando a mesma coisa,gritando pelo mesmo motivo só que expressando-se de formas diferente .Mas elas ouvem somente a si mesmas. 
Não há trocas,compartilhamento.Parecem que estão falando num circuito fechado, pois não percebem, que possuem os mesmos medos, desajustes e dores.
Se tivessem um pouquinho de paciência veriam que de algum modo somos todos iguais em nossas necessidades, principalmente de comunicação.
Privacidade, independência ! Liberdade,e solidão....
Paradoxo, um verdadeiro paradoxo o ser humano.
Contraditório, pois é um ser essencialmente social.Sua evolução se dá através dos outro.
Jesus diz: - Aquele que tem ouvidos de ouvir ouça!
Não existe nada mais forte que a palavra, o toque, o afeto, principalmente quando magnetizado pelo amor.
A mensagem de Jesus é exemplo disso.
Multidões se formavam para ouvir a palavra da Boa Nova.
A mensagem de amor e esperança traduzia a necessidade dos corações.
E como lenitivo caiam suavemente em suas almas,solitárias,sofridas.
O consolo era alimento farto, transformando-se em energias de auto-confiança auto-superação.E o futuro se tornava promissor ante a certeza da justiça divina.
O Evangelho aí está há dois mil anos.
As profecias e os profetas foram à mídia de Deus anunciando o Messias através do tempo.
As vozes do alto aclamaram Jesus em todos os lugares.
A mediunidade utilizando as ondas pensamento, chamou a atenção em todos os cantos  para as realidades do espírito, e a imortalidade da alma.
As epistolas de Paulo escritas nos momentos de inspiração, são direcionamentos preciosos para toda Cristandade.
Jesus não escreveu uma só linha, seja em tabuas de pedra seja em documentos envelhecidos, mas qual “antena” preciosa ligada ao alto, trouxe-nos a mensagem de paz, amor, esperança.
Preferindo gravá-la no coração dos companheiros sinceros, através da convivência intima com cada um deles.
Legou-nos ensinamentos preciosos sobre caridade, fraternidade, solidariedade.
Nós não devemos nos isolar dos avanços tecnológicos, do progresso, do mundo de hoje.Como Kardec nos diz: - o homem deve aprender a viver em seu tempo.
Mas não nos esqueçamos de integrar ao aprendizado de hoje os ensinos de Jesus.E como aprendizes sejamos fiéis.”A tudo examinai e retendes o bem”
Os apóstolos assim como os aprendizes do Evangelho são as “cartas vivas” do Cristo a toda humanidade, ”documentos vivos” do santificante amor de Jesus por todos nós, devendo palpitar em todos os lugares e em todas as religiões.
Não apenas informando, mas formando no coração do homem a certeza da vida superior.
E o verbo disse: - Faça-se a luz !



  • Texto baseado na lição114  do livro Caminho,Verdade e Vida- Emmanuel

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Não se desligue de Deus - "Endireitai Vossas Veredas"

No mundo de hoje o homem tem de galgar posições cada vez mais importantes.
Estar sempre apostos para todas as situações.

Sendo o primeiro, o melhor, o mais esperto,
preparado para tudo.
Estando sempre incentivado a um processo extenuante de competitividade constante onde a mente tem  que estar apta para brilhar.

Visualizar todas as oportunidades que se apresentam, fazendo as escolhas mais pertinentes aos seus interesses, afinal busines is busines.

Agindo friamente, não tem tempo a perder.Um minuto sequer, pois tempo é dinheiro.

Fica difícil sequer imaginar que um dia as coisas possam mudar, tomando rumos diferentes daquele que sua tão previsível vida material pressupõe.

Dessa forma sua visão está sempre fixada em si mesmo, em seus negócios, e cada vez mais individualista fecha-se para os sentimentos; transgredindo muitas vezes a necessidade, o interesse o direito do outro, num culto constante ao egocentrismo avassalante que vai pouco a pouco minando o ser espiritual que nele habita.

È como se uma parte de si mesmo estivesse morta e como alma penada perambula pela vida material nas vacuidades que lhe instigam o prazer ou o poder, ditado pelos padrões preestabelecidos, das necessidades supérfluas.

O ser espiritual que nele habita sufoca em sua interioridade, enquanto o ego cada vez mais em sua superfície respira a longos haustos.

Nos revides da vida, quando dá por si, sozinho e solitário, grita e chora a plenos pulmões reclamando como vítima esquecida pela justiça de Deus.

Muitos lhe estendem as mãos, pois sábios na vivencia do sofrimento e da dor, compreendem nesse momento a necessidade de aprendizado que se lhe apresenta.

Mas ele intransigente, e orgulhoso exige a perfectibilidade da ajuda, que nunca se ajusta ao seu desejo, acostumado que está nas escolhas suntuosas que se apresentavam anteriormente.

Para que as arestas se aparem acostumado a ter sua vontade exalçada ilimitadamente, longo tempo de maturação dos sentimentos será necessário até que desperte para as realidades do espírito imortal.Onde uma vontade superior a todos comanda, num dinâmico ciclo de *nascer, morrer, renascer ainda, progredir sempre tal é a Lei.

Em muitas situações haverá a dor como conselheira, buscando os sentimentos que jazem dormentes na alma, sensibilizando-a para a fala do coração que como língua estranha, lhe perturba os sentidos, acostumados que esta a racionalização de tudo.

Como racionalizar o querer só para si, quando nossa vida depende de tantos.

Nosso corpo físico é um amalgama de infinitas vidas que interagindo entre si garantem o subsidio de uma organização perfeita de órgãos, aparelhos, sistemas, tecidos.

Como racionalizar o só para si, se desejando tanto o “ter” isto não me exclui de necessitar do outro, que planta, colhe, cria, produz num subsídio constante da manutenção dos elementos básicos da vida física.

Para aqui estar precisei de alguém que me aceitasse em seu ventre. Precisei do elemento que me tornou um ser humano.Alguém que cuidasse e zelasse por mim até eu me tornar independente. Mesmo assim às vezes ouço que:

-Eu  fiz a mim mesmo!

E poderíamos acrescentar :

-Realmente você fez a si mesmo, daí a responsabilidade que repercute agora em seus caminhos.

Reconsidere! Não se desligue de Deus!

*Endireitai vossas Veredas!
Ainda há tempo para reiniciar. Para fazer crescer em você a compreensão do porque estamos aqui na Terra; - para viver o Espírito na matéria e não apenas a matéria em si mesma.

A causa maior é o Espírito!

A matéria o meio para potencializar através do trabalho aquilo que somos; - espírito imortal.

Aprendamos a amar e respeitar o corpo físico.O sentimento de cada coração que se apresenta diante de nós. Em qualquer forma de vida.

Deus nosso Pai é onipresente estando em tudo e em todos.

Abrangendo a natureza material e espiritual do Universo.*Criação e Criador

Nele existimos e nos movemos, circundados por seu amor *emanente, e criador.

Quando o homem visa apenas o aspecto material em seu modo de ser e poder sobre tudo e todos, se distancia de seu criador e conseqüentemente de sua essência.

Isso o coloca no campo dos “desejos pessoais” o que fortalece seu ego, distanciando-o das leis de Deus que se baseiam no “direito pessoal”.

Direito este inalienável, pois esta inscrito na consciência do homem, como lei natural que é.

A lei natural é a lei de Deus. Através dela sabemos de sua existência, como causa primaria de tudo, pai de “todas as coisas”.

O universo imensurável, o tempo, o infinito, as probabilidades, o acaso, a Natureza, as leis naturais, o movimento da matéria, a energia, a eternidade.

Sendo o homem apenas usufrutuário necessitado e temporário dos bens de Deus.




*Esta frase,  foi esculpida no frontispício do dólmen de Kardec em 1870

  NAITRE, MOURRIR, RENAITRE ENCORE
  ET PROGRESSER SANS CESSE

  TELLE EST LA LOI

*Endireitai Vossas Veredas “Mateus 3: 3”.

*Emanente é diferente de imanente.

*Emanente vem de emanação relacionada ao neoplatonismo

Ex: Da emanação de Deus surgiram todas as coisas

*Imanente vem de imanência relacionada ao Panteísmo

Ex: A individualidade do sujeito acaba por diluir-se no Todo e desaparecer como individualidade: o Nirvana

*Criação - Natura Naturata

* Criador -Natura Naturans

OBS: Para quem gosta de estudar, recomendo o cap.II da Genese - Deus