Postagens

Mostrando postagens de 2015

Nasceu Jesus...

Imagem
E a estrela de Belém brilhando nos céu anunciou o nascimento de Jesus. E os três reis magos a seguiram para encontra-lo. Levavam presentes . Ouro, incenso e mirra. E quando o encontraram colocaram aos seus pés, reconhecendo-o no menino recém-nascido. Como filho do homem ele cresceu, mas como Cristo Jesus se preparava, no amanho de cada dia. Junto aos sábios nas sinagogas, junto ao povo em seus tugúrios junto a família nem sempre condescendente Ao formar-se homem iniciou sua missão, levando sua palavra de despertamento, consolo esperança a todos os corações necessitados. Por muitos aceito e compreendido, por outros desconsiderado, manteve-se fiel em seus desígnios pois como dizia; - não vim destruir a Lei mas dar-lhe cumprimento. Abriu portas recomendando que fossem estreitas, indicou caminhos, chamando-nos do sal da terra e luz do mundo. Mostrou-se em sua imensa fé em Deus transfigurando-se em oração no Tabor. Vivenciou seus ensinos com exemplos, mostrando como era possível e necessário a re…

O amor exemplo -"O fermento que leveda a massa toda "

Imagem
Falanges do Cristo como bandos de aves voejam  sobre o orbe terreno pousando aonde há sofrimento e dor.
Levam o consolo e a esperança de dias melhores nos auspícios do Cristo Jesus.
Mas não é somente este o labor verificado.
Aqui na Terra falanges do Cristo encarnadas também realizam o trabalho ingente que se espera do homem de bem.
São milhares de pais,mães, filhos, cidadãos que assim personificados, dirimindo débitos do passado laboram no cotidiano o amor, através da caridade, solidariedade e da fraternidade ensinada pelo Mestre.
São os aprendizes do Evangelho  de Jesus.
 Como ele  disse que seria necessário:
- O fermento que leveda a massa toda!
Assim enquanto falanges espirituais voejam nos grandes cimos da montanha em suas tarefas árduas de socorro e conscientização.
Colibris e pintassilgos realizam o trabalho do "despertar"através do exemplo acordando a criatura para o novo dia que surge trazendo em si o sol das almas; JESUS.
É o plano físico e espiritual entrelaçados…

As colonias espirituais

Imagem

Deixai vir a mim as criancinhas nº 2

Imagem
Como é bom aprender!
É como luz crescendo em  nós. É  tirar a escuridão, abrir janelas, permitir o sol entrar.
Respirar calmo, não comer, mas ter uma sensação gostosa de saciedade,como se tudo estivesse certo como está. Me lembro dessa sensação quando entrei em contato com os ensinos espíritas,e minha angustia foi se acalmando. Dr Alirio Cerqueira Filho diz que para aprendermos precisamos cultivar o sentimento de aprendiz..E essa condição nos diz em abrir a alma ao aprendizado sem preconceitos mas a luz da razão e dos bons sentimentos.fazendo a conexão com o amor. Dr. Adão Nonato dizia : Só  sabemos se aprendemos quando ensinamos. Ou seja permitir-se vivenciar o aprendizado a tal ponto que você o ensina exemplificando-o. Também há o desconforto, pois há crenças em nós que parecem verdades eternas, sem chances de mudar.Outras que nos deixam confortáveis pois dizem o que queremos e não precisamos nos esforçar com relação a elas . Todos temos um lado obscuro, incerto, esquecido, não visi…

Sejamos tutores de nós mesmos

Imagem
Vivemos na infância da vida espiritual,  Habitamos um planeta de expiação e provas o que não deixa duvida sobre nosso nível de evolução. Ainda há muito a fazer e construir no campo moral e intelectual. A consciência do amor que representa o estagia de evolução em desenvolvimento, ainda é fator de lutas acerbas. Nossa vida de relação ainda prescinde imensamente do desenvolvimento estrutural do afeto. O reflexo disso é a indiferença, o despotismo, o egocentrismo avassalador que ainda persiste no ser humano. Isso extravasa no campo social e familiar, gerando desagregação, viciamentos, violência e dor. No campo religioso vivemos durante muito tempo a expensas de uma fé dogmática e mística onde a razão e a ciência inexistiam propiciando uma fé cega e forçosamente as expensas de seus representantes. Vivenciamos a fé de maneira arbitraria e utilizamos os bens da matéria nas questões espirituais através da compra de indulgências, eximindo o homem de suas escolhas e consequentes responsabilidades. Ch…