A Prece

Quando cheguei ao Espiritismo aprender a orar foi um capitulo a parte nas lições recebidas.

Desde menina i tinha dificuldades em dormir.Tinha muitos pesadelos.

Pessoas conversavam comigo em sonho. Diziam coisas fora de meu entendimento.

Davam recados para que eu dissesse isso ou aquilo a seus parentes.Então eu aprendi a usar a prece como recurso para me preparar para dormir.

Mas eram preces decoradas, repetidas continuadamente uma após outra, fazendo com que eu dormisse antes de terminá-las. E quando eu tinha pesadelos mesmo tendo rezado, achava que era por ter me distraído e dormido, ficando com grande sentimento de culpa.
Na noite seguinte eu me propunha a rezar o que tinha esquecido mais as preces normais, mas tudo acontecia de novo e eu embora criança me sentia sempre em divida para com Deus.

Quando adulta, e já no Centro Espirita,ficava emocionada quando, ouvia a oração feita na tribuna com tanto amor e carinho por aqueles que lá estavam.

O que me surpreendia era o fato de que eles não seguiam nenhuma fórmula de orientação.
Nada era decorado, apenas os sentimentos se expressando,entregando-se a inspiração do momento.
Podíamos perceber a ligação espiritual que se fazia através da inspiração, pois as palavras iam acontecendo tão naturalmente, as vezes havendo um breve hiato entre elas, parecendo que não haveria a próxima ,mas no tempo certo ela submergia da profundidade emocional,mais envolvente que a anterior, expressando contextos simples de grande conteúdo amoroso,demonstrando a verdadeira sabedoria.

Ao chegar a Escola Mediúnica foi minha vez, de colocar em prática o que e a tempos presenciava na tribuna, pois lá me fizeram o tal convite:

-Você gostaria de dizer a prece por nós essa noite?

Lembro-me que consegui a necessária concentração para o momento, mas o coração disparou,a emoção foi tanta que, as lágrimas vieram aos olhos, a voz ficou embargada,e eu chorei...., chorei....,retirando os entraves,que continham minha alma de há muito,deixando-a falar livremente com Jesus na sintonia do coração e do pensamento.

Como me senti bem! Sai de lá tão mais leve !

Até pensei em ficar envergonhada,mas eu esperara tanto por aquele momento.

Afinal ele acontecera, e eu conseguira superar a mim mesma, meus condicionamentos, nessa nova forma de buscar a Deus (embora chorando).

Posteriormente fui aprendendo que através da prece podemos,pedir,louvar,agradecer.

Mas o importante é que a oração seja feita com vontade, sinceridade de coração.

Assim nosso pensamento cresce no padrão vibratório, encontrando as camadas saturadas de vibrações superiores da espiritualidade maior, retornando a nós como fluidos de paz, amor, fortalecimento.

Ou quando for necessário e urgente trazendo benesses como os “próprios amigos espirituais’ para ajuda necessária àquele momento. Fazendo-se presentes em nossas vidas através da bondade e a misericórdia de Deus.

Jesus orava em todas as situações.
Aquietava-se buscava a Natureza, e entregava-se as orações.
È num desses momentos que ocorre a * "Transfiguração no Tabor". Deixando claro e evidente a ligação que se estabelece com a espiritualidade através da prece.

Nós também podemos orar, em qualquer hora em qualquer lugar.
Basta buscar a quietude, colocar o melhor sentimento de nosso coração e elevar o pensamento a Deus dizendo o que nos vai na alma.E com certeza seremos ouvidos atendidos de conformidade com a necessidade e merecimento.
O pensamento é vida,carreia as emoções que viajam nos fluidos.
Preste atenção e ouça também essa voz que vem de dentro.
É nossa profundidade interior, que é atuada pela condição vibratória superior alcançada.
É o sentimento do "eu divino" em nós.

As vezes a resposta não vem de conformidade com o que pedimos pois ainda não sabemos o que é bom para nós.Mas Deus sabe e nos envia a ajuda de conformidade com a sua sabedoria.
Por isso é importante estarmos atentos e perceber os sinais de Deus em nossas vidas.
* “Orai e vigia” ensina Jesus.

Oremos, façamos nossa parte, e aguardemos com fé as mudanças necessárias.

“Muito pode um homem de bem em suas orações".

São dizeres profundos do Evangelho de Jesus,dizendo-nos que realmente a oração pode e deve ser feita para outras pessoas, principalmente se for feita por aquele que preza e trabalha pelo bem estar comum,mas devemos nos lembrar que não devemos simplesmente deixar a cargo de outros o que podemos fazer por nós mesmos,pois estaremos exercitando a fé em nossos corações e em nossas vidas,principalmente se colocarmos em nossas ações,e atitudes a implantação da paz e do amor.

Ai seremos pessoas melhores e poderemos ajudar saturar a  *psicosfera desse planeta não só com nossos pedidos ao Pai,mas com nossos louvores,e agradecimentos também.



*Transfiguração no Tabor -Lucas cap. 28 vers.9
*Orai e vigiai -  Mateus cap. 26 vers.41
*Psicosfera - Ambientação que carreia o padrão espiritual ao derredor do Planeta Terra.Formada pelas vibrações do psiquismo,das emoções,dos pensamentos de encarnados e desencarnados.

O termo PSICOSFERA foi criado por André Luiz para designar o halo energético de que se revestem todos os seres vivos, onde se refletem os seus pensamentos e desejos.


 
Deixo aqui para vocês a prece de um homem simples, escrita por alguém que prezo muito,num momento de feliz inspiração

 
 
SUPLICA CABOCLA
 

Ah! Sinhô! Se Sua vontade me desse,

Assim... adispois de muita prece

Um jeito bão de vivê.



Num caricia nem de beleza,

Se tivesse, assim cum certeza

A aligria de nunca morrê.



Sintindo a vida corrê solta,

Sem disciplina que estoôrva,,

Sem dor, pra nunca sofrê.



Oia Sinhô! Digo inté sem vaidade

Que nunca ia senti saurdade,

Dos tempo que vejo corrê.



Pruquê a vida que levo agora

Sofrendo sofrendo pro mundo afora,

Os Anjo carecia de vê.



Mas, Sinhô, se nada disso mereço

Me ajuda no recomeçõ

Pruque eu quero aprendê.



Se nessa vida num tem mais jeito

O sentimento que agasaio no peito,

Só Jesus pode intendê.



Bjs

Claudine Souza Rocha

Comentários

  1. Realmente as pessoas tem mais facilidade em fazer a prece decorada porque não necessita de entrega e envolvimento. Mtas vezes nem entendem o significado daquilo que estão falando, valorizando mais a quantidade de vezes que falam, como se a prece fosse apenas um mantra.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A cada um segundo sua obra - A Determinação

O Sono E a Mediunidade

"Aquele que tem olhos de ver que veja,aqueles que tem ouvidos de ouvir que ouça"