Vendilhões do Templo - O Zelo e a Firmeza



Flã- boyant é uma árvore muito bonita ,de estatura mediana e que possui flores avermelhadas.
E mudas de Flã- Boyant foi o presente que ganhei de uma amiga , depois de ter se certificado que eu possuía espaço suficiente para plantá-la.
Fiquei surpresa com seus cuidados pois afinal de contas eram apenas mudas de plantas !
Porem ela me explicou que o flã-boyant possui raízes que crescem horizontalmente e que acabam passando pelos muros, calçadas se não tivermos os cuidados necessários.
Cuidadosa essa minha amiga ! Eu diria muito zelosa.  As pessoas zelosas têm essa característica .
Têm uma atenção particular, especial com as coisas que estão sob sua guarda, sua tutela. A pessoa zelosa toma medidas cautelares para manter a ordem e o respeito onde quer que ela se encontre. Seja perante fatos, situações, cargos ou encargos ela cuida de tudo com atenção, com desvelo.
Ela não age assim por interesse particular ou só em determinadas situações. Ela age desinteressadamente com noção do dever a cumprir.
Isto lhe confere firmeza, pois está sempre atenta no agir corretamente.
E firmeza quer dizer constância,estabilidade, correção de atitudes.
Desenvolve-se assim a responsabilidade na criatura, que é o conhecimento lúcido, claro dos deveres que o homem de bem  possui. Possui ou se desenvolve, e do qual ninguém pode se eximir, pois faz parte do processo de evolução; ou seja desenvolvimento da razão.
Diferente de negligência que nos desobriga dos compromissos através da fuga e da transferência dos deveres.Minha amiga podia  ter-me dado a planta sem especulações , mas como a responsabilidade é sua característica preocupou-se com o fato.
Devemos ser responsáveis em nossas atitudes,desde uma simples árvore que está no planeta para nos servir, ( Natureza ) , com as pessoas ao nosso derredor, e conosco mesmo preservando a vida. Preservando os valores da ordem,e do respeito onde quer que nos encontremos. .Assim adquiriremos autoridade que é patrimônio da consciência despertada no bem, no bom uso das razão e no bom senso em agir.
Após Ter estado nas Bodas de Canaã ,onde iniciou seu apostolado, Jesus com a mãe e os parentes vão até Cafarnaum . Dali partem para Jerusalém e quando adentram a cidade Jesus vai direto para o templo. O templo era utilizado para o aprendizado das Leis Mosaicas . Lia-se os profetas, as profecias , obtinha-se conhecimentos das coisas espirituais. Jesus respeitava o templo, e o utilizava para expor seus ensinamentos.
Mas quando adentra ao templo encontra-o cheio de mercadores de bois, ovelhas, pombas, cambiadores de dinheiro. Jesus os expulsa e eles saem ,mas antes eles perguntam que autoridade ele possuía para agir assim
Jesus diz possuir a autoridade que Deus lhe outorga, ou seja;  chamando-o de "meu Pai" diz ser  filho de Deus.
Essa passagem evangélica é conhecida como a expulsão dos vendilhões do templo, e suscita sempre polêmicas pois não acreditam que Jesus fizesse isso, pois era manso e pacífico.
Mansuetude não significa ser conivente.
Ser  manso e pacífico, significa não conturbar.  Zelar pela manutenção no bem , instaurar a ordem o respeito, mas também submeter-se  a essa ordem e respeito.
Conivência é calar, ficar quieto, não dizendo que está errado para não  entrar em confronto.
Jesus usou de firmeza, denunciou o que estava errado, não sendo conivente principalmente com o mercantilismo da Casa de Deus.
Tolerância é diferente de negligência.O tolerante sabe e escolhe o momento certo de agir.
O negligente não quer agir,é comodista, quer sempre deixar para outro o compromisso.
E nós companheiros, estamos exercendo nossa autoridade?
Ou estamos nos deixando corromper pelos vendilhões do templo, quais sejam os modismos , as ilusões,os interesses imediatos.
Quantos deixam suas responsabilidades dizendo : - Eu não ganho para isso!
Quantos prédios  caem porque alguém negligenciou o uso do material correto, em favor de cheques polpudos no seu bolso.
Quantos desastres colocam em risco a vida alheia  por causa do uso indevido de álcool , da velocidade, da violência no trânsito.
Quantos passam fome , enquanto outros desviam verbas  para o exterior.
Quantos desastres no lar pela paternidade negligente. Quantos desencontros, negligências , mortes.
Tudo pode; sem limites, permissividade absoluta, nas escolas, nas instituições  no sistema.
"Aquele que é responsável não tira férias de sí.! "
Participa ativamente da dinâmica da vida com amor respeito,responsabilidade. Luta pelo bem que quer para sí e os seus. Não destrói muros alheios com as raízes da apatia e indiferença,mas planta arvores frondosas e saudáveis para que todos possam se albergar em sua sombra.
Tem consciência desperta no bem,ora e vigia trabalhando sempre pelo bem estar comum,exercendo a autoridade de filho de Deus.
Que possamos para crescer em espirito e verdade,assimilar uma  dimensão muito importante do Amor ; - que não devemos transigir porque amamos. Ao contrario, aquele que ama  deve amar com  firmeza e determinação,pois o limite do amor também está em não perder a si mesmo.

Postagens mais visitadas deste blog

A cada um segundo sua obra - A Determinação

O Sono E a Mediunidade

"Aquele que tem olhos de ver que veja,aqueles que tem ouvidos de ouvir que ouça"