Translate

sábado, 16 de agosto de 2014

As Tendências



Ao aproximar-se o momento da reencarnação,o espírito passa por um processo de perturbação mental, referente ao processo da perda de consciência de si mesmo.
Ele vai sendo induzido a um estado de sono e paulatinamente tudo é esquecido.
Suas faculdades e seus pendores não se perdem, mas se conservam em estado latente.
É como a semente de uma planta que retem em si todo potencial de sua espécie..
Esse estado é transitório, mas necessário para que o espírito tenha um novo ponto de partida, recomeçando nova caminhada.
Quando encarnado, esses conteúdos do campo moral, intelectual  poderão ser utilizados através  da intuição. O que poderá ser de grande ajuda.
São os insight  que percebemos acontecer,solucionando questões que aparentemente não conseguíamos resolver. Até aqui já percebemos a misericórdia divina duas vezes; a reencarnação e a oportunidade de caminhar com a bagagem conquistada segundo nossa intuição.
Mas, as situações não bem vividas, nem bem direcionadas,também teremos acesso, na forma de  tendências negativas.
Nós acreditamos muitas vezes que os espíritos inferiores nos assediam por isso sofremos. Mas nos esquecemos (ou não sabemos) que o que nós faz sofrer, e fazem parte nós, são as tendências negativas, e estas sim nos ligam aos espíritos inferiores
Por isso é tão importante este conhecimento do ponto de vista da educação pois, pais conscientes  procurarão trabalhar o espírito na sua fase infantil onde ele é mais dócil moldável, acessível, facilitando o redirecionamento para esta nova vida.
A espiritualidade sempre nos diz que se quisermos saber o que fomos na outra reencarnação, não precisamos fazer regressão de memória. Basta ver as tendências que trazemos em nós e saberemos.
As tendências são as inclinações, pendores que nos incitam, impulsionam a algo o qual não temos controle.
A falta de controle é exatamente porque não nos disciplinamos anteriormente quanto a isso; não trabalhando o suficiente esta questão.
As tendências determinam a personalidade, o comportamento que nos é característico,e
surgiram nas varias etapas reencarnatórias.
Formam o sistema de valores da criatura.e ela o utiliza fazendo suas escolhas no cotidiano.
Façamos a pergunta : - Quais as tendências que trazemos em nós ?
Trazemos o azedume, agressividade,o preconceito, o egoismo, a violência, a indiferença?
E o que acreditamos em relação a isso? Quais nossos valores reais?
Precisamos predeterminar qual o comportamento que almejamos, buscando  reformulação através de novas atitudes.
O sistema de crenças direcionam nossas atitudes,fundamentam nossos atos e poderíamos dizer: -   complicam nossas  vidas.
Isso nos lembra uma questão antiga. O homem é fruto do meio? Ou o meio é fruto do homem ?
Será que a pessoa que vive na favela será sempre agressor,violento, marginal?
Ou será que isso pode acontecer em outro nível social, como estamos vendo na mídia ultimamente, onde pessoas ditas de bem estão nas malhas da justiça.
Ou realmente as tendências é que determinam a forma de como vamos reagir.
Jesus nos fala sobre isso quando se refere a questão que esta lá em Mateus 15:11
Não é o que esta no exterior do homem que o corrompe, mas o que esta em seu coração.
Melhor colocando não é o que entra na boca do homem que o macula ,mas o que esta em seu coração e sai pela sua boca que o macula.
Por isso a importância de revermos essas questões internas, modificando esses valores melhorando os sentimentos, aproveitando assim enquanto é tempo esta reencarnação.
A espiritualidade nos diz que, onde as tendências são mais generalizadas e idênticas é no campo da fé. Justamente onde poderíamos haurir as condições de libertação.
Entendemos a espiritualização de forma ritualística, mística, com valorização de tradições religiosas que confundem nossa alma em vez de ajudar. Acreditamos nas penitencias, absolvição, barganhas, desvalorização de si mesmo em razão da condição de pecador, pureza exterior em vez de reforma intima.
Precisamos olhar para nós mesmos, observando essas tendências negativas e substituindo-as por ações positivas no bem e no amor maior.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           













Nenhum comentário:

Postar um comentário