Fortaleçamo-nos


Falar sobre as dificuldades vividas no dia a dia é fácil, pois todos as conhecemos.
É o dinheiro, transporte, doenças, violência, corrupção. São as vicissitudes de nossa vida material.
Ter estofo (fibra) sabendo administrar tudo isso é que faz a diferença.
Normalmente  a maioria das pessoas, permitem que essas dificuldades repercutam negativamente sobre  si mesmas de tal maneira que modificam seu comportamento .Corrompem-se violentam, tornam-se  indiferentes.Esse seria o primeiro movimento de rebeldia contra a vida, contra tudo e todos.Ação natural do homem material garantindo sua sobrevivência.
Conseguir sobrepor-se aos obstáculos é aprendizado essencial, e somente ocorre quando entendemos  que somos o “Espírito Imortal “ vivendo temporariamente na matéria.
Precisamos transcender as experiências materiais,extraindo de cada uma o bem.
O sofrimento e a dor quando bem entendidos e vivenciados, faz com que entremos em contato com o “centelha divina” em nós, com nossa sensibilidade profunda, donde extraímos soluções que extrapolam as do campo material, surgindo soluções no amor no afeto, na solidariedade, no perdão, na fraternidade inimagináveis. Descobrimos  um campo novo de ação.
Não utilizando as soluções praticas da matéria para as coisas do Espírito, mas utilizando as coisas do Espírito para a matéria, mudando o “status quo”, ou seja dando a outra face  como aprendemos com o Mestre Jesus, pois somos Espíritos, e as leis divinas nos ensinam como o Espírito deve atuar na matéria.
Paulo o apostolo, quanto ao fortalecimento da alma nos diz:
- “Sabendo que a tribulação produz fortaleza” (Romanos 5: 8)
E Emmanuel esse espírito de escol completa:
Quereis fortaleza, não vos esquiveis às tempestades.
As vicissitudes são o campo de trabalho do homem aqui na Terra.São instrumentos de aprendizado e aperfeiçoamento.E tudo é paulatino, a evolução não dá saltos.
Primeiro o lutador domina os elementos materiais, pensando ter consumado o triunfo verdadeiro.
Mas o trabalho continua, pois vem a compreensão da vitória do Espírito sobre a matéria. Ou seja, o equilíbrio sobre o pensar e o sentir
Depois vem um estado de consciência maior, ou seja, de sermos cristãos, onde o pensar, sentir e agir no bem e no amor nos conduzem.
Essa consciência nos convida a testemunhos mais ásperos, os testemunhos do amor incondicional, do bem pelo bem em si mesmo.
Essa é a uma batalha solitária. Estaremos só grande parte do tempo, pois se subtrai a ilusão e selecionam-se os ideais. Chegam as oportunidades dos testemunhos da fé.
Somente o que vem do alto nos acompanhará.
Muitos desanimam na grande empreitada e voltam medrosos as sombras inferiores.
Outros, contudo perseveram e descobrem o significado maior da Vida.
Aquele que é consoante com as Leis Divinas, encontrando-se em sintonia com a Verdade Essencial.
Esse experimentara o fortalecimento ante todas as vicissitudes sendo instrumento útil do alto para o mundo de regeneração realizando assim os propósitos de Deus nosso Pai.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cada um segundo sua obra - A Determinação

O Sono E a Mediunidade

"Aquele que tem olhos de ver que veja,aqueles que tem ouvidos de ouvir que ouça"