Translate

sábado, 21 de julho de 2012

A Raça Adâmica



O Universo espelha a grandeza de seu Criador.
Por isso quando olhamos o céu podendo ver a lua, as estrelas as constelações sentimos uma sensação de pequenez ante tamanha vastidão.Essa sensação nos envolve paulatinamente levando-nos a introspecção.
É como se tentássemos entender, mas tal conhecimento não coubesse dentro de nós.
Como tudo se originou.? Porque aqui estamos?. Qual nosso papel nisso tudo.?
Diz a Neurolinguística que ao acessarmos nossas lembranças, projetarmos nosso olhar para cima . Isso é uma característica cerebral desenvolvida por nós.
Penso que quando olhamos os céus acontece o mesmo conosco. Acessamos a memória profunda de nossa ancestralidade. E como indagadores, buscamos a nossa origem, começo, meio e fim.
A Ciência explica que nosso Planeta nasceu do caos, originando-se de uma explosão.
Acredito que o homem está mais propicio em lidar com idéia do caos e da explosão, do que integrar-se as Leis que harmoniosamente criaram e regem o Universo. Pois o caos ele tenta submete-lo a “sua ordem”. Mas a “ordem das coisas” para entender devemos nos  submeter,integrando-nos , ou seja “sermos submetidos”. O que para o homem é mais difícil.
Por isso somos ainda como Dom Quixote a combater moinhos de ventos, à tentar verificar a verdade que nos envolve.
Acreditar na Religião ou na Ciência parece banal demais  naquilo que o homem  gostaria de saber por si mesmo.Unir o conhecimento que ambas oferece parece inimaginável para alguns. Pois os cientistas não encontram Deus em suas descobertas. E os religiosos acreditam na manifestação divina sem lei ou ordem.E assim ele caminha descrente ante os sinais que a Providencia Divina lhe demonstra, ou a Ciência assinala, salvando sua pele inúmeras vezes pois, sua ingenuidade é passaporte para os arroubos de ignorância espiritual em que se compraz.
Mas na acústica de sua alma palpita:
Um “por que” ? Outro “para que” ? E ainda um “ para onde” ?
E um sentimento inexpressivo de vazio, perda abriga-se sem sua inconsciência profunda, como nos explica o Espiritismo através do livro A Gênese de Allan Kardec
 Segundo ensino dos espíritos fazemos parte de uma grande imigração de espíritos vindos de outra esfera que deu nascimento a raça simbolizada por Adão,a qual por essa razão chama-se raça adâmica. Quando ela aqui chegou, a Terra era povoada desde tempos imemoriais, como a América o era quando para ali foram os europeus .
A raça adâmica mais adiantada que as que haviam precedido na Terra, é com efeito mais inteligente; é empurra todas as outras em direção ao progresso.
*A Gênese no-la mostra desde seus primórdios, industriosa, apta às artes e às ciências, sem ter passado pela infância intelectual, o que não é próprio das raças primitivas, mas que concorda com a opinião de que ela se compunha de Espíritos que já haviam progredido.
Tudo prova que ela não é antiga na Terra e nada se opões a que ela não tenha aqui senão alguns milhares de anos, o que não estaria em contradição nem com os fatos geológicos, nem com as observações antropológicas, e tenderia ao contrário confirmá-las”.
Vemos assim através da fieira das encarnações os Espíritos habitarem outros orbes quando esses mundos passaram de um estágio evolutivo inferior para outro superior, o qual não conseguiram galgar.Mas como nada se perde e tudo se transforma, esses Espíritos passaram a habitar outros orbes que os podiam receber, e onde sua capacidade de progresso relativo, pode servir ao progresso dos seres mais primitivos que ali estavam.
Há grandes movimentos imigratórios espirituais principalmente quando cataclismos ocorrem no âmbito físico de um Planeta em evolução assim como a Terra.
Levas desses Espíritos são conduzidos para ali onde aplicarão sua inteligência, e intuição de seus conhecimentos adquiridos, ao progresso daqueles  em cujo meio são chamados a viver, ao mesmo tempo em que expiarão numa serie de existências penosas através de um duro trabalho, suas faltas passadas e seu endurecimento voluntário.
A raça adâmica tem todas os caracteres de uma raça proscrita; os Espíritos que dela fazem parte foram proscritos sobre a Terra já povoada, porém por homens primitivos mergulhados na ignorância, e que eles tem por missão fazer progredir, trazendo-lhes as luzes de uma inteligência desenvolvida.
“Que serão eles,no meio de tais povos, novos para eles,ainda na infância da barbárie,senão anjos  ou Espíritos decaídos ,enviados em expiação? A Terra da qual serão expulsos não será para eles um paraíso perdido? Ela não era, para esses degredados um lugar de delícias, em comparação com o meio ingrato onde vão se encontrar relegados durante milhares de séculos,até o dia em que terão merecidos sua libertação? A vaga recordação intuitiva que conservarão, é para eles como uma miragem longínqua que os faz lembrar aquilo que perderam por sua falta.” *A Gênese
Quão difícil deve ter sido para esses Espíritos esse degredo.Mas quão útil no processo da Evolução deste planeta se tornariam podendo ao mesmo tempo ressarcir débitos urgentes.
De onde eu vim? Para onde vou? Porque aqui estou?
Indagações que se bem respondidas trarão uma claridade nova sobre as expectativas ante a evolução do homem neste planeta, nesta atual reencarnação.Onde o tempo será melhor aproveitado.As vicissitudes melhor compreendidas. E a reconstrução do auto amor oportunidade de renovação.
E o céu sobre nossa cabeça nos fará lembrar que somos viajores do passado sim; através da fieira  das reencarnações nas  inúmeras moradas da casa do Pai,mas que agora conscientes e despertos nossa trajetória será outra. Rumo ao futuro e as grandezas que ele nos reserva.





Para maiores informações sobre este assunto  leiam o livro A Caminho da Luz - Emmanuel- ou Evolução em Dois Mundos
de André Luiz.
*Migração- Trocar de região,pais estado, ou até mesmo domicílio
*Imigração- Movimento de entrada,com ânimo permanente ou temporário e com intenção de trabalho e/ou residencia,de pessoas,ou populações de um país para outro.
*Emigração- È o ato eo fenômeno espontâneo de deixar seu local de residencia para estabelecer numa região ou nação
*Orbe - planeta,astro, mundo.
* A Gênese livro de Allan Kardec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário