Nascer,crescer,morrer,renascer ainda, tal é a lei

Claras águas cercam todo meu ser, imersa que estou neste lago liquido, morno,acolhedor.
Sons de batimentos fortes e contínuos atingem meu silêncio. 
Sons que me acalmam, pois são como musica a qual me acostumei pois dizem que estou viva e participante.
Vibrações cariciosas de afeto me envolvem o tempo todo, dizendo-me que sou querida e amada.As mãos de minha mãe me afagam,protegem,acarinham.
Eu sinto-me bem!
Fortalecida no imenso trabalho da construção biológica em que meu corpo se encontra.
Meus pensamentos... Ah meus pensamentos !
São percepções do sonoro, do tépido, do aquoso que me sustentam.
São sensações das substâncias que me mantém vitalmente ativa e que de hora em hora chegam até mim na forma glicosada.Estou me formando paulatinamente.
Já possuo pernas, mãos, cabeça, tronco. Estou prontinha por fora, mas ainda segue o planejamento das retificações dos órgãos, ossos, pele, sistemas, dentro de mim.
Eu também durmo, e me movimento bastante neste lago de águas claras 
que me circundam,aquecem,protegem.
Estou voltando!
Sendo acolhida ansiosamente,carinhosamente,por aqueles que serão meus pais.
Quantos preparos e expectativas nesta espera!
Já sabem : - Serei menina!
Meu nome : - Será Ana Clara!
Minha avó materna espera que eu tenha os cabelos avermelhados da família de meu pai, e os olhos claros da família de minha mãe.
Mas isso são apenas especulações de avó tentando desde já me enfeitar ao olhos do mundo.
Sonhos e esperanças trago dentro de mim!
E sonhos e esperanças traçam para mim aqueles que me esperam.
Retorno a Terra. Este fervilhante celeiro de vida, através da oportunidade da reencarnação.
Viverei numa família que tem como preceitos de educação o Espiritismo.
Com certeza me ensinarão sobre a importância do amor, da família, de Deus.
Meu compromisso será com os vínculos de afeto para com eles, mas meu compromisso maior será para com a “vida”.
Esta vida que estão me facultando agora, e que percebo quão preciosa é, oferecida por Deus em suas leis sábias e amorosas, e mantida pela generosidade de minha mãe e meu pai.
Aceitaram-me, acolhem-me na condição de filha nesta encarnação.
Este é um entrelaçamento da necessidade, vontade,e aceitação de cada um , numa programação de aprendizagem e evolução para todos nós.
Neste instante sinto-me enraizada nas energias profundas de minha mãe. Que pouco a pouco se transubstancia na preciosa semente,que  cresce, cresce, até poder ser fruto precioso da vida.
O tempo me chama, e com ele a certeza que em breve a luz se fará. 
E através do choro e do vagido forte, romperei os laços da dependência física que passo agora, para os braços firmes e amorosos de meus pais titias,titios
priminhas e vovós.
Que me esperam ansiosos, com roupas, mamadeiras e fraldas, para fazer parte desta família terrena, nesta abençoada escola, que Deus traçou e escolheu para acolhimento do espírito imortal.
Nascer,crescer,morrer,renascer ainda tal é a lei.
As águas de Março esperam por você, Ana Clara!

Minha querida netinha! 




ANA CLARA




Clareia o dia                                             Numa nova alvorada

As reminescências
De um antigo viajor

Que  sob o ardor do sol nascente
Vem tão pungentemente
Vivificar-se no amor

De pais ,tias,tios e avós
A recuperar-se dos nós
De antanhos vividos

E que agora exauridos
Retomam através do berço
Num recomeço
Aos braços queridos dos amados seus.

Bom augúrio muita felicidade
Nos traz Ana Clara
Demonstrando que na eternidade
Quem se ama nunca se separa











Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A cada um segundo sua obra - A Determinação

O Sono E a Mediunidade

"Aquele que tem olhos de ver que veja,aqueles que tem ouvidos de ouvir que ouça"